30 de abr de 2011

Show Secreto!!!!!!

Se tem um show que eu gostaria de ir é o que acontecerá amanhã domingão as 19h no Auditório Ibirapuera.

Os Mulheres Negras --> André Abujamra e Mauricio Pereira: a terceira menor Big Band do mundo!









Só uma amostrinha do que será lá amanhã :)

Lindas imagens de SP

Adoro esse som!

28 de abr de 2011

Som

Ouvindo Cada Voz de Tulipa Ruiz do cd que acabei de baixar aqui ó  " Geração SP". Tem Bárbara Eugênia, Gil Duarte, Cláudia Dorei, Luisa Maita e muito mais...





Até Mais.

26 de abr de 2011

Our House....

Passei a tarde ouvindo esse som....



até mais,

24 de abr de 2011

Music is Life

Emocionante!

Olhe a carinha dela que fofa!!!

20 de abr de 2011

Love Cats, já dizia Robert Smith...



  "Os gatos foram colocados no mundo, para desaprovar o dogma de que todas as criaturas foram colocadas no mundo para servirem o homem" (Paul Gray)


Gatinho retirado da rua.

Quando peguei esse filhote para criar ele era assim : feinho, magrelo, faminto. Com certeza nem tinha desmamado da mãe, talvez se perdeu por conta da grande chuva que tivemos que chegou a alagar por aqui.

Umas 4 semanas depois, precisamos ir no veterinário, para vacinar, mas no geral está muito bem.

Pequenininho 4 semanas depois.





"O gato é médium, bruxo, alquimista e parapsicólogo. É uma chance de meditação permanente a nosso lado, a ensinar paciência, atenção, silêncio e mistério. O gato é um monge portátil à disposição de quem o saiba receber." (Artur da Távola)

 
"Existem duas maneiras de nos refugiarmos das misérias da vida: música e gatos." (Albert Schweizer)




Até mais!

18 de abr de 2011

Onde vivem os Monstros?


Ontem eu assisti o filme " Onde vivem os Monstros" do livro de Maurice Sendak, que virou filme dirigido por Spike Jonze mesmo diretor dos filmes Adaptação com Nicolas Cage e Quero Ser John Malkovich.

A história gira em torno de Max,  um menino muito rebelde e criativo, que foge de casa após uma briga com a mãe.

Ele acaba chegando numa ilha, onde vivem os monstros, e tem experiências pra lá de legais, e se torna Rei deles. Governar em prol da felicidade de todos não é uma missão muito fácil.

Na minha percepção, ele vai até o mundo das idéias, e organiza os conceitos de certo e errado, de comportamentos e relacionamentos interpessoais, simplesmente vivenciando os problemas dele de fora, sendo expectador,  ou seja, uma terapia lúdica, intensa e muito madura para uma criança. O mundo dos monstros fica exatamente dentro de cada um de nós, cada qual com seus respectivos monstros.

Achei fantástico esse filme! E a trilha sonora, linda!





Até mais.

16 de abr de 2011

Filme O Pequeno Nicolau

Mais um filme que quero assistir, e este quero dedicar ao meu sobrinho LINDO Daniel.



O Livro " Le Petit Nicolau" ganhou a versão para a tela de cinema em 2009 e chegou ao Brasil em 2010, mas hoje tomei conhecimento dele.

A vida imitando a arte!

Até mais

Dica!

Ossos do Ofício

Acabei de achar esse site.

Explicação fácil de entender com ilustrações e fotos que nos ajudam a visualizar as ocorrências. Isso ajuda a entender o que se passou conosco.

Visite o link abaixo:



Imagem retirada do site Ossos do Ofício

Meu braço direito fraturado
Imagem retirada do site Ossos do Ofício


O próximo aspecto que devemos nos ater é o quanto o rádio encurtou – se ele grudar mais curto que o osso vizinho vai prejudicar o movimento de rotação e causar dor por impacto da ulna que ficará saliente. 
 
Fica a dica para quem está procurando mais informações sobre este assunto.

Até mais.

Filme Babies

Quero assistir ao documentário Babies, principalmente agora que estou toda boba com a notícia da chegada de mais sobrinho(a).

Imagine quatro bebês, um da Mongólia, outro dos Estados Unidos, do Japão e Namíbia (Africa) tendo seus primeiros passos gravados e editados num documentário. Registrado para sempre seus momentos tranquilos numa relax, brincando, tomando banho, com os pais, com animais. E ver isso depois então? Deve ser legal demais.

Somos todos iguais, toda criança é igual, tem os mesmos sonhos, medos, brincadeiras; porém cada uma num contexto, num meio.

Abaixo o trailer



FICHA DO FILME

  • Título original: Bébé(s)
  • Diretor: Thomas Balmès
  • Elenco: Bayar, Hattie, Mari, Ponijao
  • Gênero: Documentário
  • Duração: 79 min.
  • Ano: 2010
  • Data da Estreia: 15/04/2011
  • Cor: Colorido
  • Classificação: Livre para todos os públicos
  • País: França



PS: post em homenagem ao casal : Roberta e Alexandre - AMO VOCÊS!

14 de abr de 2011

AMOR MAIOR!

Foto: Geisa Cruvinel
 
Acabei de receber a visita do meu irmão, minha cunhada e meu sobrinho aqui em casa.

Pensei: Ah eles vieram aqui para dar boa viagem pra minha mãe que vai pra Recife sábado.

Estava enganada, na verdade vieram dar a notícia que estão esperando outro filho.

Juro que chorei ao saber, um choro de emoção, de alegria, de pura sensibilidade.

Pensar que vem mais um sobrinho pra alegrar a vida, torná-la mais bela, mais um estímulo pra continuar melhorando e ampliando a visão de mundo pra mostrar pra esse bebê que tudo depende do nosso ponto de vista e que somos capazes de sermos felizes! Que o segredo está nas pequenas coisas do nosso dia-a-dia.

Vem vindo mais um ser para amar e ser amado.

Nossa... a felicidade de saber que a família está crescendo, que o Daniel já vai fazer 5 anos, e a chegada de um irmão(ã) para ele só vai fazê-lo amadurecer, me emociona muito. Saber que ele terá um amigo(a)  de verdade pra sempre e que ele vai amá-lo(a) muito me deixa extremamente comovida!


Sem palavras.

Conexões!


Desde o momento em que li uma informação compartilhada no Facebook, sobre uma mulher que trabalha no Teatro Oficina e está sofrendo preconceito e alienação parental ( a interferência na formação psicológica da criança promovida ou induzida por um dos genitores, sob a sua autoridade, guarda ou vigilância para que repudie genitor ou que cause prejuízo ao estabelecimento ou à manutenção de vínculos com este.) compartilhei a informação com meus amigos e procuro estar informada deste caso.

O nome dela é Elaine, mãe de um menino, que está neste momento passando por um tratamento de Linfoma e está gravida, aguardando a chegada de outro menino.

Assim que cheguei neste blog http://elainecesar.blogspot.com comecei a seguir e ler sempre.

Que pessoa forte e especial ela é.

Depois vou postar um trecho do texto de William Shakespeare chamado O Menestrel que Elaine postou em seu blog, pois recebeu da tia do ex-marido que mesmo sem provas dos absurdos que ele a condena tirou o filho de seu convívio.

As conexões são tantas, que hoje mesmo me identifiquei com um outro blog, que ainda está no comecinho, mas não menos interessante.

O blog é esse aqui: Novas Descobertas de uma mulher que deixou um comentário tão sincero no blog da Elaine que me despertou curiosidade para chegar até o universo dela.

O mais legal da vida é saber que tudo é momentâneo, mas que esses achados são para a vida inteira, estou muito feliz de ter descoberto esse blog.

Compartilho minhas novas descobertas com você também Maria B., que já tive dias e mais dias de não levantar da cama por falta de ânimo e já desejei a morte como forma de aliviar minha dor. 

Juro a você, que isto só nos ocorre para que possamos viver a vida mais intensamente, e um dia com certeza você vai ver que foi tão forte, tão corajosa, que passou por cima disso e ainda nos foi EXEMPLO!

 Mesmo com suas dificuldades, se coloca a disposição para ajudar os outros e reconhece que existem problemas maiores que o seu. Mesmo com tais dificuldades, escreve um blog onde nos deixa suas impressões e compartilha suas experiências.

A rede nos oferece um mundo de possibilidades!

Que bom que encontrei vocês!

Beijos

Citações.




"A lei de ouro do comportamento é a tolerância mútua, já que nunca pensaremos todos da mesma maneira, já que nunca veremos senão uma parte da verdade e sob ângulos diversos."


"A força não provém da capacidade física e sim de uma vontade indomável."

"Eu seria cristão, sem dúvida, se os cristãos o fossem vinte e quatro horas por dia."

"Nunca perca a fé na humanidade, pois ela é como um oceano. Só porque existem algumas gotas de água suja nele, não quer dizer que ele esteja sujo por completo."

"Temos de nos tornar a mudança que queremos ver no mundo."

 "De nada adianta a liberdade se não temos liberdade de errar."

"A grandeza de uma nação pode ser julgada pelo modo que seus animais são tratados."

"A felicidade não está em viver, mas em saber viver. Não vive mais o que mais vive, mas o que melhor vive."

 São tantas citações incríveis que teria mais um monte de frases para postar.


Mahatma Gandhi foi um líder e pacifista indiano, que lutou pela independência da Índia e por seu esforço foi criado o Estado muçulmano do Paquistão.

13 de abr de 2011

Fisioterapia reflexiva!

 Na fisioterapia, meu pai, que também está fazendo por causa de uma dor no joelho, me entregou um papel com este texto - segue abaixo - que ele imprimiu da internet e me deu para ler.
Achei tão bacana que resolvi compartilhar e pesquisar mais sobre as citações sobre o mesmo assunto: Auto-estima.



" Homem, conhece-te a ti mesmo! " 

  A auto-estima oscila de acordo com as situações e principalmente em como nos sentimos em relação a cada uma delas. Mas o que faz com que algumas pessoas sejam mais seguras de si, mais estáveis emocionalmente enquanto outras se perdem, se desesperam quando algo acontece? O diferencial que faz com que cada um consiga ter controle sob suas emoções é o autoconhecimento.
 

  O quanto você se conhece? Muito? Pouco? A maior parte das pessoas acredita que se conhece, mas na verdade se conhece muito pouco. Você ama alguém, confia em alguém que pouco conhece? Geralmente amamos e confiamos apenas em quem conhecemos muito! E se você não se conhece como quer acreditar mais em sua própria capacidade? Como quer ir em busca de seus sonhos se não acredita ser capaz? E por que não acredita ser capaz? Porque não sabe quem você é.
 

  Por isso, o autoconhecimento é fundamental para desenvolver o amor por si mesma e fortalecer a auto-estima. É muito difícil alguém se conhecer interiormente quando a busca está sempre no externo. Buscam cuidar da pele, mudar o corte do cabelo, comprar roupas, carros, eliminar alguns quilinhos, mas quase sempre esquecem que o caminho deve ser o contrário, de dentro para fora. 


  Quando uma pessoa está bem com ela mesma você percebe isso não pela roupa que está usando, ou o carro que está dirigindo, mas pelo brilho em seu olhar, o sorriso em seu rosto, a paz em seu espírito. Como alguém que dorme mal toda noite pode sentir paz? Como alguém que está constantemente se criticando, se culpando, se achando errada, pode se amar? Amar-se é condição básica para elevar a auto-estima. É importante identificar os fatores que estão te impedindo de elevar sua auto-estima.
 

  Podemos perceber que a auto-estima está baixa quando desenvolvemos algumas características como: insegurança, inadequação, perfeccionismo, dúvidas constantes, incerteza do que se é, sentimento vago de não ser capaz , de não conseguir realizar nada, não se permitindo errar e com muita necessidade de agradar, ser aprovada, reconhecida pelo que faz e nem sempre pelo que é.




* Texto de Rosemeire Zago
Psicóloga clínica com abordagem jungiana. 



Texto retirado deste site aqui: http://moradadossonhos.com.br


 

Exercício de sempre!!!



CONSTRUA UMA AUTO-ESTIMA SÓLIDA
   Auto-estima é uma maneira de pensar, sentir e viver a vida, em que nos sabemos merecedores de uma realização integral, merecedores de nos expressarmos, de dizer o que sentimos e o que precisamos. Em que sabemos que somos co-criadores das nossas vivências e, por isso mesmo, aprendemos a passar de uma mentalidade vitimizadora, para uma forma vencedora de estar na vida. E assim vamos desfrutando da manifestação da mais gloriosa versão de nós mesmos.
 
    Auto estima é cuidar de nós, aprender a dizer não sem nos sentirmos culpados, por que já não precisamos da aprovação dos outros para saber que somos válidos e merecedores de atenção ou de respeito. Trabalhamos conscientemente sobre a ansiedade que tantas vezes nos impede de sermos assertivos, porque provavelmente aprendemos na nossa história a antecipar o confronto e a não aceitação dos outros, por isso se torna tão difícil mostrarmos quem somos com firmeza, mas serenidade ao mesmo tempo. Sabemos que qualquer progresso só é possível com confronto de ideias e pontos de vista – então, aprendemos a dizer a nossa verdade em vez de nos refugiarmos num mutismo repressivo que só traz uma paz bolorenta e ilusória às nossas relações. 
 
   A auto-estima nunca pode ser confundida com egoísmo, egocentrismo, vaidade ou orgulho (no seu sentido pejorativo). Como se distingue? Pelos frutos que uma e outros dão. A auto-estima produz confiança, esperança, iniciativa, encorajamento e progresso na nossa vida. Todos os outros semeiam isolamento, enganos, carência, dureza e todos os seus sucedneos.

   Auto-estima é cultivar os seus sonhos dando um passo todos os dias para melhorar ao nível físico, emocional, mental e espiritual. É aprender a relaxar e a desfazer as tensões emocionais que se manifestam no corpo. Auto estima é aprender a equilibrar a actividade e o repouso, no seu quotidiano. As suas crenças, aquilo que acredita sobre si e sobre a vida, têm poder de modelar as suas experiências de vida, as condições que vive quotidianamente. As suas crenças conduzem a sua energia física e psíquica, toda a sua energia vital, para a manifestação daquilo que elas mesmas determinam.

   As pessoas com uma boa auto-estima envolvem-se nos seus projectos, dialogam com as suas ideias, dão-se o direito de sonhar, investem tempo a nutrir a sua paixão. Permitem-se ser conduzidos pelo delicioso frenesim e pela inquietação positiva que sempre acompanha o nascimento de uma nova ideia, plano, objectivo. Estas pessoas aprendem que é mais importante dar um pequeno passo diário rumo aos seus objectivos, do que deixar-se absorver completamente com uma ideia só para depois a largar durante um longo período de tempo.

   Um dos aspectos mais geradores de auto-estima, é a partilha. Saber partilhar é o princípio da felicidade. Treine diariamente a partilha, seja de um sorriso, de uma palavra, de generosidade, de um ombro amigo, do seu tempo e energia, dos seus sucessos, da sua atenção, das suas lágrimas, dos seus sonhos e das suas grandes questões sobre a vida.

   Auto estima é acreditar que você tem o poder real de transformar a sua vida, de construir os seus sonhos trabalhando com a realidade, de ser merecedor de uma vida maravilhosa. Saiba que há uma presença real em si – pode chamar-lhe consciência, intuição, eu superior, fé, essência divina – que é luminosa, fonte de bondade e de todas as manifestações do mais sublime em si.  

 Mas, por vezes, surge aquela voz que duvida que você seja assim tão fantástico, que se culpa e se sabota, porque se limita pelas memórias negativas aprendidas no passado. Você tem a capacidade de curar essas memórias e de se libertar. Comece por estar disponível e receptivo à mudança. Disponha-se a dar pequenos passos de cada vez. Envolva-se com o seu sonho e aprenda a cultivar diariamente os seus objectivos. Pense todos os dias pensamentos novos de gratidão, confiança e poder e assim vai mudando as suas percepções sobre si mesmo e a vida.

 Auto estima é saber viver com entrega e atenção ao momento presente; de contrário, dará por si constantemente refém das dores, dos insucessos e das desconsiderações do passado ou, por outro lado, do medo do futuro. O presente não é um compasso de espera angustiado entre as memórias sofridas do passado e as expectativas e dúvidas do futuro. O presente é isso mesmo: um presente, uma oferta de vida palpitante, uma oportunidade única de sermos co-criadores da nossa própria vida! Nós somos hoje o resultado de todos os pensamentos, emoções e acções do passado. Seremos amanhã o que pensarmos e fizermos hoje. Crie a partir de agora um futuro esperançoso, positivo, cheio de realização. Você é co-criador das suas experiências de vida. Assuma esse poder e faça escolhas diárias mais centradas no que é bom, útil, instrutivo e inspirador para a sua mente, coração e alma. Mudará a sua vida!

Vera Faria Leal
www.verafarialeal.com.pt


  PS: texto retirado daqui: http://www.gabitogrupos.com

9 de abr de 2011

365 meditações diárias


Fonte imagem: http://conchasbelas.blogspot.com


Deleite

Seja positivo e desfrute mais, ria mais, dance mais, cante mais.
Torne-se mais e mais jovial e entusiasmado com pequenas coisas mesmo com coisas muito pequenas. A vida consiste em pequenas coisas, a somatória será formidável.

Assim não espere que algo notável aconteça. Coisas notáveis acontecem - não é que não aconteçam -, mas não espere que algo notável aconteça. Ele acontece somente quando você começa a viver coisas pequenas, comuns, do dia-a-dia com uma mente nova, com um frescor novo, com uma vitalidade nova, com um entusiasmo novo. Aos poucos você acumula, e esse acúmulo um dia explode em puro deleite.

Mas você nunca saberá quando acontecerá. Você precisa continuar a coletar as conchinhas na praia. A totalidade se torna o grande acontecimento. Quando você apanha uma conchinha, ela é uma só. Quando todas as conchinhas estão juntas, rependinamente elas são pérolas. Esse é o milagre da vida.

Há muitas pessoas no mundo que perdem porque estão esperando por algo grandioso. Ele não pode acontecer. Ele acontece somente através de pequenas coisas: tomando seu desjejum, caminhando, tomando banho, conversando com um amigo, sentado sozinho a observar o céu ou deitado na cama sem nada fazer.
A vida é feita dessas pequenas coisas. Elas são a verdadeira matéria da vida.

Osho

7 de abr de 2011

P de Portishead







Amo muito tudo isso!

Tratamento news




Ontem fiz a primeira sessão de acupuntura.

Agulhas no braço direito, na cabeça e no pé.

Depois de 30 minutos saí de lá super relaxada, como se tivesse atingido o ponto da preguiça master.

Atingiu a chave On/Off que eu pensava que nós humanos não tínhamos. E temos, as tais agulhas conseguiram colocar a chavinha no OFF.

Senti uma moleza, um sono, e depois fui para a fisioterapia.

Para me recuperar estou acreditando também na acupuntura. O braço ainda não tem o movimento de pronação direito, mas sei que é questão de tempo.

TEMPO!

bjos

Sessão Radiohead - There There

6 de abr de 2011

Deixar rolar...



Domingo estava lendo uma matéria sobre o Marcelo Jeneci, onde contava a história dele.

Ele é da Zona Leste de SP, ali de Guaianases.

Não sabia que a música "Amado" cantada pela talentosa Vanessa da Mata era composição dele.

Já tocou com o Chico Cesar, compos junto com Arnaldo Antunes, tocou com o Cidadão Instigado e já gravou com a Tulipa Ruiz... nossa, quanta coisa boa junto!

Tem quem ache romântico demais, mas eu digo que ele é sensivel demais, e é disso que eu mais gosto nele, as composições e os arranjos incrivelmente sensíveis!

Aproveite o som :)

beijos

5 de abr de 2011

Renaissance - Sounds Of the Sea




Banda de rock progressivo inglesa dos anos 70.

Amo Renaissance!

Paz...

É isso que sinto nesse momento ouvindo esse som :)

beijos

4 de abr de 2011

Vida Adulta.






Adorei o texto da Nina Lemos no blog do O2 Neurônio, arrasou! Ela fez uma listinha de coisas sobre como você sabe que está ficando meio adulta, confira no link logo abaixo:

O2 Neurônio


Aqui a minha listinha inspirada no texto dela...

Me dei conta que virei adulta quando:


1- Não deixo NINGUÉM gritar comigo.

2- Não grito com NINGUÉM.

3- Sem espaço e tempo para xiliques.

4- Não faço nada obrigada.

5- Assumo que vou usar All Star pelo resto da vida.

6- Não tenho a menor pretensão de ser gênio. Sinto que tenho a obrigação de ser feliz.

7- Não sinto culpa por não saber cozinhar ou dirigir, apesar de me aventurar nas duas áreas.

8- Sei bem quais bandas, poetas, sons, cores, aromas, flores e sabores podem salvar o meu dia, a minha vida.

9- Procuro sempre estar perto e me preocupando com a saúde dos meus pais, afinal eles já fizeram isso comigo.

10- Respeito a individualidade das pessoas.


Com isso minha vida ficou mais leve, mais prazerosa, foi como trazer o céu pra Terra.

Claro que não é do dia para a noite, num piscar de olhos, que nossa postura muda, não é mesmo? Leva tempo, são muitas atitudes erradas que nos leva a querer acertar das próximas vezes, temos que ter força de vontade, humildade e o principal é querer sempre melhorar.

Eu não estou aqui a passeio e você?

beijos

2 de abr de 2011

Re-programação mental

Parece um nada, mas ficar um tempo afastado de todas as atividades diárias e permanecer focado em sua própria saúde pode significar muitas mudanças internas.

É como lançar um novo olhar sobre você mesmo e aos outros.

Tenho certeza que vou ficar bem.

Ainda sinto muita dor, sei que estou com problema na ULNA (osso do braço - rádio e ulna), mas o tempo e a fisioterapia vai se encarregar de curar tudo isso.

Enquanto isso, estou lendo muito Osho ( professor indiano de filosofia que pregava a liberdade através da meditação, conquistando uma geração de pessoas que buscavam a espiritualidade sem se comprometerem com antigas crenças).

Com isso estou praticamente fazendo uma reprogramação mental.

Pensando mais positivo, vendo mais beleza na vida, nas coisas, nas pessoas, na natureza, sendo mais serena com meus defeitos, minhas limitações.

Depois colocarei trechos, citações, de Osho para compartilhar essa felicidade.

beijos