11 de set de 2009

Negações - Texto bom!

Dia 09-09-09 ( cabalístico não?) estava revirando uns papéis, que como uma boa canceriana os guarda até o fim da vida... hhauhahahuahua ... achei um texto que ganhei de uma pessoa muito querida e importante. Não tem data, nem sequer dedicátoria, apenas dois traços sinuosos em cima do texto em giz de cera nas cores verde e vermelho. Apenas sei que foi ela quem me presenteou com este texto. Tão lindo, tão lindo que quero compartilhar com todos essas palavras de Rudolf Steiner ( filósofo, educador, artista e esoterista; foi fundador da Antroposofia, da Pedagodia Waldorf entre outras coisas... Segue abaixo: " Nego-me a submeter ao medo que me tira a alegria de minha liberdade, que não me deixa arriscar nada, que me torna pequeno e mesquinho, que me amarra, que não me deixa ser direto e franco que me persegue, que ocupa negativamente minha imaginação, que sempre pinta visões sombrias. No entanto não quero levantar barricadas por medo do medo. Eu quero viver e não quero encerrar-me. Não quero ser amigável por ter medo de ser sincero. Quero pisar firme porque estou seguro e não por encobrir meu medo. E, quando me calo, quero fazê-lo por amor e não por temer as consequencias de minhas palavras. Não quero acreditar em algo, só pelo medo de não acreditar. Não quero filosofar por medo que algo possa atingir-me de perto. Não quero dobrar-me, só porque não tenho medo de ser amável. Não quero impor algo aos outros, pelo medo que possam impor algo a mim, por medo de errar não quero me tornar inativo. Não quero fugir de volta para o velho, o inaceitável, por medo de não me sentir seguro de novo. Não quero me fazer de importante porque tenho medo de que sennao poderia ser ignorado. Por convicção e amor, quero fazer o que faço e deixar de fazer o que deixo de fazer. Do medo quero arrancar o domínio e dá-lo ao amor. E quero crer no reino que existe em mim" Além deste texto, essa querida me passa outros mais... Assim que der vou postando eles aqui! Beijos