14 de out de 2005

Top!

o melhor filme. ( O Fabuloso Mundo de Amelie Poulan ) a melhor musica. ( Kid A ) a melhor banda. ( Portishead ) o melhor dos mundos. ( O nosso ) a melhor bebida. ( Cerveja ) a melhor comida. ( Strogonoff de frango ao Curry ) o melhor de vc. ( sensibilidade ) o melhor amigo. ( Aquele q não desiste de vc nunca, mesmo quando vc já desistiu de vc mesmo, huahauhahuauhahua ) o melhor perfume. ( Jungle by Kenzo ) o melhor da vida...( Saúde ) então, melhora logo! ;) Bjus

7 de out de 2005

Flying Horse!!!!!!

Affe, sexta feira... Finalmente, dia 07, final de semana, final de expediente! Estamos em Outubro já.... final de ano!!! Hoje estou quase caindo da cadeira e batendo a cabeça no teclado... hahahaha Cansada, exausta por não ter dormido mais q 3 horas na noite passada. Ainda tem o teatro - apresentação hj as 21h - haja gás! Resolvi tomar um energético pra continuar... continuar acordada, ativa, de pé... E olha... num é que resolveu? Apesar de toda a leseira, estou feliz! Se fiquei acordada, se tomei energético, se fui no espetáculo do teatro, todas escolhas minhas... :P .... E pq vc está junto nessa nave!

6 de out de 2005

Ondas Alpha, Ondas Theta!!!!!

Depois de tantos dias sem escrever, finalmente hoje voltei a postar! Este post parece algo meio transcendental, mas não é nada disso, são apenas explicações teóricas que busquei no PODEROSO Google o que acontece no momento em que estamos em ressônancia, aquele estado de meio acordado, meio dormindo, sabe? Desde que o primeiro equipamento que possibilita a visualização das atividades cerebrais (um EEG – eletroencefalograma) em 1920, cientistas perceberam que o cérebro tem tendência de produzir ondas cerebrais (sinais elétricos de baixa intensidade) em 4 variações distintas, as quais são chamadas de Beta, Alpha, Theta e Delta. Ondas Beta: São as ondas cerebrais mais rápidas, podem varias em freqüência de 14 ciclos por segundos (14 Hertz ou 14 Hz) até pouco mais de 100Hz. Quando estamos acordados, em um estado normal, concentrados em nossas tarefas cotidianas ou problemas concretos e específicos, as ondas Beta (especificamente entre 14 e 40Hz) são as mais dominantes e fortes em nosso cérebro. Ondas Beta são associadas com estados de Alerta. Ondas Alpha: Quando fechamos nossos olhos e ficamos mais relaxados, em paz, desconcentrados, as atividades cerebrais diminuem, então produzimos pulsos de ondas Alpha na faixa de freqüência de 8 a 13Hz. Se ficarmos mais relaxados, e mentalmente desconcentrados, as ondas Alpha serão as dominantes em todo o cérebro, produzindo uma calma e uma sensação prazerosa denominada estado Alpha. O estado Alpha é um estado neutro do cérebro. Ondas Theta: Quando o relaxamento vai aprofundando-se, o cérebro passa para um estágio mais lento, com a presença mais ritmada das ondas Theta, com faixa de freqüência entre 4 e 8 Hz. O estágio Theta, também é conhecido e chamado como Estágio de transe, entre o acordado e o dormindo. Este estágio é normalmente acompanhado de imagens mentais inesperadas, comumente acompanhado de memórias vivas e claras da infância. O estágio Theta oferece acesso a materiais do inconsciente, a associações de idéias e idéias criativas. É um estágio misterioso e elucidativo. Muitas pessoas tendem a dormir logo após gerarem grande quantidade de atividade Theta. Ondas Delta: Quando dormimos, as ondas cerebrais dominantes são as Delta, que são mais lentas que as Theta, com faixa de freqüência abaixo dos 4Hz. Quando a maioria de nós entra em um estágio Delta, dormimos e temos perda total da consciência. Entretanto, há grandes evidências que pessoas podem manter-se conscientes em estágios com Delta dominante, estágio este associado com estados não-físicos e extra-corpóreos. É quando estamos no Estágio Delta, que nosso cérebro dispara o metabolismo e eliminação de grandes quantidades de hormônio de crescimento. Tudo isso pra esclarecer, que sim, eu acredito em vc... Sim, eu quero que saiba que vc não teve culpa, e que no estado em que se encontrava não tinha como inventar uma história mirabolante em 2s.